UniversidadeUFPB PPGAU Postgrado Arq & Urbanismo
Semestre2021.1
Créditos/carga horária2Cr /30h
Datas/HorárioTerças Feiras 9h a 12h; 9 Março a 11 Maio
LocalOnline

EMENTA

Este curso oferece aos alunos a oportunidade de desenvolver uma compreensão mais profunda do Antropoceno por meio das lentes das infraestruturas e do ambiente construído e de apresentar suas próprias respostas críticas.

A principal bibliografia e ferramenta conceitual para o curso é o Feral Atlas, uma recente publicação digital comissariada e editada por três antropólogas ambientalistas e uma arquitecta, que explora os mundos ecológicos criados quando entidades não humanas se misturam com projetos de infraestruturas humanas. Em base ao Feral Atlas e observações de campo, os alunos iram a indagar um entendimento multiespecies da cidade e suas infraestruturas.

O programa intensivo enfatiza discussões em grupo, pequenas leituras, pensamento crítico, explorações visuais e reflexões individuais, que serão orientadas e informadas pelo professor. Os alunos serão encorajados a desenvolver abordagens pessoais e talvez não convencionais; entretanto, seu trabalho deve permanecer cientificamente preciso e respeitoso com a pesquisa original.

Objetivos

Ao final do curso, os alunos devem ter:

  • aprofundado sua compreensão do Antropoceno
  • desenvolvido sua compreensão das responsabilidades como arquitetos na era atual de crise ambiental e climática
  • desenvolvido uma sensibilidade e entendimento multiespecies da cidade e suas infraestruturas
  • desenvolvido abordagens artísticas para representar pesquisas científicas e observações de campo.

Bibliografía

Dooren, Thom van, Eben Kirksey, and Ursula Münster. 2016. ‘Multispecies Studies: Cultivating Arts of Attentiveness’. Environmental Humanities 8, no. 1: 1–23. https://doi.org/10.1215/22011919-3527695.

Gomes da Rocha, Jailton José. 2020. Sociabilidades mais-que-humanas e subumanas nas frestas do colonialoceno. In: Gomes da Rocha, J. J. Nós e os outros animais: sociabilidades e normatividades multiespécies. Editora UFPB ISBN-13 (15) 978-65-5942-002-5. http://www.editora.ufpb.br/sistema/press5/index.php/UFPB/catalog/download/724/831/6632-1

Houston, Donna, Jean Hillier, Diana MacCallum, Wendy Steele, and Jason Byrne. 2018. ‘Make Kin, Not Cities! Multispecies Entanglements and “Becoming-World” in Planning Theory’. Planning Theory 17, no. 2: 190–212. https://doi.org/10.1177/1473095216688042.

Krenak, Ailton. 2019. Ideias para adiar o fim do mundo. Companhia das Letras.

Masha Caminals, Amanda. 2020. La ciudad multiespecies. Naturación urbana para la salud y seguridad. In: Rabasco, P. Ciudad y Resiliencia. Última llamada. AKAL ediciones. ISBN: 978-84-460-4990-6.

Shingne, Marie Carmen. 2020. ‘The More-than-Human Right to the City: A Multispecies Reevaluation’. Journal of Urban Affairs 0, no. 0: 1–19. https://doi.org/10.1080/07352166.2020.1734014.

Tsing, Anna L., Deger, Jennifer, Saxena Keleman, Alder, and Zhou, Feifei (editors). 2020. Feral Atlas. The-More-than-human Anthropocene. Stanford University Press. http://feralatlas.org/

Imagem header: Feral Atlas.

Matricula